Ir para Radio GNT 3


xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Um revival de grandes sucessos nacionais e internacionais
 Agnaldo Coniglio Rayol, nasceu no Rio de Janeiro, em 1938. Seu sucesso se deu com um repertório romântico, de versões de grandes hits da música italiana. Em 1970 estrelou a novela As Pupilas do Senhor Reitor, na extinta TV Tupi e faria ainda muitas outras novelas e até filmes. Ele iniciou a carreira de cantor aos cinco anos na Rádio Nacional do Rio de Janeiro e, aos doze anos, estréia no cinema. Morou com a família em Natal, RN e depois voltou de vez para o Rio de Janeiro. Foi obrigado a parar de cantar na década de 50, por causa de mudanças hormonais da adolescência, que afetaram sua voz. A partir do final dos anos 50 quando a voz se estabiliza, firma-se na carreira, levando adiante o estilo impostado e operístico comum aos cantores da geração anterior, como Vicente Celestino e Francisco Alves.Sua magistral interpretação de Ave Maria emocionou noivas de várias gerações, que não hesitavam em pagar um alto cachê para tê-lo cantando em cerimônias de casamento. Gravou o primeiro disco em 1958 pela gravadora Copacabana. É sucesso até hoje...
  Cármino Lombardo, descendente de italianos, fez grande sucesso cantando tango. Ele adotou o nome de Carlos Lombardi. Nascido no Brás, SP, durante 40 anos dedicou-se ao tango. Virou "rei do tango" na noite paulistana, e chamou atenção das gravadoras, tendo uma histórica série de gravações na Beverly/Copacabana e RGE.  A data da morte ou mesmo do seu nascimento é ignorada até pelos colegas. Lombardi foi lançado no mundo musical profissional pelo empresário artístico Jacob Rosenblatz. O rei do tango se apresentava na churrascaria Rincon Argentino, em  Higienópolis, onde sempre se apresentava e tinha público cativo. Uma simples reportagem no jorrnal Folha da Noite, dos jornalistas Cícero Silva e Francisco Martins, é talvez o único documento da existência desse notável artista, isso, claro, sem contar seus inúmeros discos. Acredita-se que esta foi a última notícia sobre ele. A matéria consta ser de 1998, quando da abertura da Casa Gardel, especializada em tangos. Assim como Ramoncito Gomes, grande cantor de música mexicana, Lombardi. foi simplesmente olvidado e não se tem quase nada sobre ele.
 Maria do Carmo Miranda da Cunha, também conhecida como Carmen Miranda e a "pequena notável", nasceu em Marco de Canaveses, Portugal, em 9 de fevereiro de 1909, veio com a família ainda pequena para o Brasil, que adotou como sua terra. Mas com seu grande sucesso em terras brasileiras, logo ele iria fazer sucesso nos EUA também, onde cantou, fez vários filmes, ficou rica e famosa mundialmente e faleceu em Beverly Hills, California, em 5 de agosto de 1955, aos 46 anos de idade. A carreira e consequente  sucesso daquela que mostrou as cores e o som do Brasil ao mundo, se deu entre as décadas de 1930 e 1950, época em que ela trabalhou em rádio, teatro de revista, no cinema e na televisão. O primeiro grande sucesso veio com Ta-hi! que foi recorde de vendas, ultrapassando a marca de 36 mil cópias! Algo incrível para a época. Carmen era irmã de Aurora Miranda, também cantora.
  Ben E. King é Benjamin Earl Nelson, nascido em Henderson, Carolina do Norte, em 28 de setembro de 1938.  Foi cantor de soul. Ficou conhecido como vocalista e co-compositor da música “Stand by Me”, do álbum Don't Play That Song, gravado em 1961 e lançado em 1962 pela gravadora Atco Records. Do disco, Spanish Harlem e Stand by Me foram o primeiro sucesso de Ben. Stand by Me foi votada com uma das Canções do Século pela "Recording Industry Association of America". As duas canções do primeiro disco foram nomeadas como duas das "500 Canções que Moldaram o Rock and Roll" pelo "The Rock and Roll Hall of Fame". Ambas, ganharam um "Grammy Hall of Fame Award". Ben E. King morreu no dia 30 de abril de 2015, em Hackensack, New Jersey, aos 76 anos de idade, de causas naturais. Sua criação Stand By Me, já com 54 anos de sucesso, talvez sobreviva ao seu criador...
Após download, abrir arquivo com WindowsMedia Player
  Enquanto nos EUA o mundo do rock perdia Ben King, no Brasil o mundo sertanejo perdia Zé do Rancho. João Izidoro Pereira, o Zé do Rancho, nasceu em Guapiaçu, SP, em 1927. Virtuose em instrumentos de cordas, os quais dominava desde a infância, Zé do Rancho,  em meados da década de 40 foi trabalhar em circo, onde ficou por 7 anos e depois, com sua experiência e habilidade musicais, ingressou no mundo artístico da música, acompanhando e dirigindo grandes nomes da área sertaneja. 
  Zé do Rancho, além de excepcional instrumentista, também foi cantor e ator e,  na década de 50, chegou a participar da Orquestra Tupã. Dentro do sertanejo, ele fez parte do Trio Mineiro, Trio Gaúcho e cantou com outros artistas. Também fez dupla com a esposa, Mariazinha e com o irmão Zé do Pinho. Respeitadíssimo no mundo artístico, avô dos jovens astros Sandy e Junior, filhos de Xororó, da dupla Chitãozinho e Xororó, ele faleceu em São José do Rio Preto em 2015, aos 88 anos.
  Nalva Aguiar (Nalva de Fátima Aguiar) nasceu em 1945, em Tupaciguara (MG).  Ainda criança descobriu a música e, na adolescência,  já se apresentava na rádio local. Com pouco mais de 20 anos, Nalva queria mais. Sua meta era se profissionalizar, como todo artista, e assim partiu em busca de outros palcos em São Paulo.  A obstinação mineira (e de mulher guerreira) iria colocar Nalva Aguiar no topo das paradas de sucesso na fase áurea da Jovem Guarda. No início dos anos 70, Nalva deixou a chamada "música jovem" e voltou-se para a música sertaneja e country, ou seja, voltou às suas origens e acabou se transformando na Rainha dos Rodeios!
  A canção que a Rádio GNT traz, faz parte de um album que Nalva gravou, com grande parte das músicas em homenagem a outro mineiro, o grande Tião Carreiro. O album foi um grande sucesso!
  Neil Leslie Diamond nasceu numa família judaica, no Brooklyn, Nova Iorque, em 1941. Compôs e cantou  inúmeros hits nos anos 60 a 80, e ainda mantém uma multidão de fãs. Seu maior referencial como cantor e compositor foi através do filme Jonathan Livingston Seagle (Fernão Capelo Gaivota, no Brasil). O filme é baseado num romance de Richard Bach e conta a história da gaivota que se rebela contra a falta de visão dos líderes do grupo, que achavam que se nasceram para comer peixe podre, teriam que comer os mesmos toda a vida. Então a gaivota se revolta contra as idéias arcaicas e é expulsa do bando, numa analogia ao ser humano que é isolado do convívio sócio-cultural por ser diferente. Tanto o livro quanto o filme foram sucesso de público e lançou a carreira de Neil Diamond para as estrelas, pois ele compôs e cantou toda a trilha musical do filme, com canções lindas com grande apelo espiritual. Song, song, blue, também sucesso de Neil,  não faz parte do filme.
 Formada por José Divino Neves, o Rionegro, nascido em 1965 e Luiz Felizardo, o Solimões, nascido em 1962, ambos em Claraval, MG, a dupla começou com apresentações em Franca, interior de São Paulo, em 1982. Amigos de infância, deixaram seus respectivos empregos em uma fábrica de sapatos onde trabalhavam juntos para se transformarem numa referência para a música sertaneja atual. O nome da dupla quer dizer que "brasileiros são fortes" pois a inspiração direta veio do Rio Amazonas e seus dois afluentes principais, Rio Negro e Rio Solimões. 
 Perla é o nome artístico de Ermelinda Pedroso Rodríguez D'Almeida, de Caacupé, Paraguai. Ela nasceu em 1952. Nascida e criada no Paraguai, mudou-se para o Brasil bem jovem em busca de oportunidades e desafios. Consagrou-se na década de 1970 com o sucesso Fernando, versão em português de uma música do grupo Abba. Ao longo de sua carreira, vendeu mais de 15 milhões de álbuns, Ganhou 11 discos de ouro, dois de platina, um de platina duplo, entre outras premiações.
  Willie Nelson, ícone da música country, nasceu em 30 de abril de 1933, em Abbot, Texas, nos Estados Unidos. Willie e sua irmã, Roberta Nelson, foram criados por seu avós depois que o pai deles faleceu e a mãe saiu de casa. Willie tocava violão, enquanto sua irmã tocava piano.
  Em 1950, sua família se mudou para Nashville, onde ele compôs "Hello Walls", que viria a ser seu primeiro, de muitos sucessos. Suas composições foram cantadas por ilustres artistas da música country, incluindo o sucesso "Crazy", que compôs para a amiga, Patsy Cline. A música "On the Road Again" foi uma das mais tocadas no início dos anos 80, e foi tema do filme Forrest Gump.
  Raul Santos Seixas nasceu em Salvador, Bahia, em 1945. Ele foi um cantor e compositor, considerado um dos pioneiros do rock brasileiro. Foi produtor musical da CBS durante sua estada no Rio de Janeiro, e é chamado de "Pai do Rock Brasileiro" e "Maluco Beleza". Sua obra é composta por 17 discos lançados em seus 26 anos de carreira e seu estilo musical é tradicionalmente classificado como Rock' and Roll, conseguindo também unir o baião em músicas como "Let Me Sing, Let Me Sing". Ele começou com a banda Raulzito e os Panteras,  mas só ganhou notoriedade crítica e de público com as músicas do LP Krig-ha, Bandolo! de 1973, como "Ouro de Tolo", "Mosca na Sopa" e "Metamorfose Ambulante". Raul Seixas adquiriu um estilo musical de "contestador e místico", e isso se deve aos ideais que vindicou, com a Sociedade Alternativa, apresentada em Gita (1974). Paulo Coelho fez parte do seu sucesso como parceiro em várias canções.

 

GRANDES MATÉRIAS
MUNDO SERTANEJO
NOSSOS HERÓIS
REVOLUCIONÁRIOS
ESPECIAIS
HOME PAGE
 
 
 
 
 
 
 

 

 Sergio Ferraz - Todos os direitos reservados