Herói é aquele que, mesmo tendo tudo contra si e 
a cabeça manda desistir,  o coração não deixa!...
Nossos Heróis
  O que vem a ser um herói, todos perguntam. Bem, a resposta mais plausível que achei para os leitores é, primeiro, que herói também tem medo, como todo mundo, mas o diferencial é que ele luta e domina o próprio medo e,  de resto, herói é todo aquele que dá a vida por um ideal em benefício do mundo, de um país ou mesmo para salvar uma pessoa desconhecida, o que faz dos bombeiros heróis diários nas grandes cidades. Um PM tem grande apoio para uma ação e o bombeiro agirá, mesmo se estiver sozinho. Se um soldado da PM ou policial civil agir assim, arriscando sua vida ou mesmo morrendo em ação defendendo alguém ou a comunidade, também será um herói. 
  O maior herói brasileiro, Tiradentes, seria herói duas vezes, pois deu sua vida pelo ideal da libertação do Brasil de Portugal e deu sua vida pelos amigos, assumindo toda a culpa da pretendida rebelião. Um herói necessariamente não precisa morrer, como é o caso de João Ribeiro de Barros, que arriscou sua vida ao lado de seus companheiros no raide Gênova-Santo Amaro, resistindo a obstáculos humanos e naturais e levou ao mundo a glória do Brasil, sendo o primeiro piloto a cruzar o Atlântico Sul, sem apoio terrestre, 23 dias antes que o norte-americano Charles Lindbergh cruzasse o Atlântico Norte. Foi um ato glorioso de Barros, arriscando tudo para dar a glória ao Brasil. Por isso é herói, assim como o médico Emílio Ribas, que lutou corajosa e gloriosamente para salvar a vida dos habitantes de Jaú, SP, quando do surto de febre amarela naquela cidade. 
  Zumbi lutou e deu a vida pela liberdade de seus irmãos africanos  e Chico Mendes, mesmo sabendo que sua vida corria perigo, não desistiu da luta nos seringais do Acre. Isso, a meu ver, são heroís, pois lutaram e morreram sem ganhar nada e sem serem obrigados a isso. O soldado não é um herói, pois além do soldo, ele é obrigado pelos governos de vários países a lutar. No entanto, se em meio à batalha, ele der a vida por algum civil ou mesmo por outro soldado, isso o transformará num herói. Então herói é todo aquele que vai e faz, quando ninguém quer ou tem coragem para fazer. É simples assim.
 Jogadores de futebol e outros atletas ou artistas e cantores, não são heróis; revolucionários como Fidel Castro e outros, que lutaram em causa própria, não são heróis; e, como erradamente mostra o Panteão de Heróis em Brasília, chefes militares não são heróis e muito menos os políticos o são!

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Tiradentes
Mártir da Conjuração Mineira e Patrono das Forças Armadas

Zumbi dos Palmares
Símbolo da luta contra a escravidão

Felipe dos Santos
O grito de liberdade explodiu em seu peito e ele pagou caro por isso

Sepé Tiaraju
O grande herói da nação Guarani

Manuel Beckman
O herói do Maranhão e a raiz das revoltas

Ajuricaba
O grande guerreiro, símbolo dos povos da Amazônia

Chico Mendes
Ele foi o líder da resistência do movimento serigueiro no Acre e, mesmo sabendo que poderia pagar com sua vida, ele não desistiu! 

Emilio Ribas - Um homem contra uma cidade - A história de Emilio Ribas que teve que agir de forma heróica para combater a febre amarela em Jaú, SP, em 1896. A epidemia, que atingiu 60 por cento dos moradores, já havia se abatido sobre a cidade  em 1892, quando foi combatida pelo médico Vital Brazil e equipe. Os mortos foram tantos, que esgotado o espaço de um cemitério, foi aberto outro e logo depois, um terceiro, que é o atual cemitério da cidade.

A HEROÍNA DA CRECHE - A professora mineira que salvou várias crianças e enfrentou o vigilante que incendiou a creche onde as crianças se encontravam. Ela morreu tentando salvar mais crianças...Vinícius Montardo, herói gaúcho, o jovem que deu a própria vida, salvando 14 pessoas na Tragédia de Santa Maria! E, por fim Ayrton Senna, morto em 1994 e que em 1992, num ato de heroísmo, salvou a vida do piloto francês Érik Comas

Quadro ilustrativo da página, ao alto, não sabemos o seu autor...

 

GRANDES MATÉRIAS
MUNDO SERTANEJO
NOSSOS HERÓIS
REVOLUCIONÁRIOS
ESPECIAIS
HOME PAGE
 
 
 
 
 

 

 Sergio Ferraz - Todos os direitos reservados